Lei n.º 62/2007, art. 75.º n.º 4 b) - Constituem infracção disciplinar dos estudantes: A prática de actos de violência ou coacção física ou psicológica sobre outros estudantes, designadamente no quadro das «praxes académicas».

07
Abr 18

No dia em que se fizer um referendo, a Garraiada ou Animalada vai acabar, é inevitável.

Quanto à outra, com o nome de Praxe, tem muito pano para continuar.


Alunos da Universidade de Évora recusam referendo e mantêm garraiada
https://www.dn.pt/portugal/interior/alunos-da-universidade-de-evora-recusam-referendo-e-mantem-garraiada-9232527.html

A garraiada vai manter-se no programa da Queima das Fitas em Évora, que vai ter lugar este ano de 25 de Maio a 02 de Junho
"Ficou decidido em assembleia magna que o referendo não irá ser realizado", disse à agência Lusa a presidente da Associação Académica da Universidade de Évora (AAUE), Ana Rita Silva.
--------------------

http://www.dianafm.com/evora-estudantes-votam-referendo-sobre-garraiada-na-queima-das-fitas/

A Presidente da Associação Académica da Universidade de Évora, Ana Rita Silva, diz que a sua direcção decidiu colocar o tema na ordem de trabalhos da reunião para lançar a discussão sobre o assunto.

“Nos últimos anos, a adesão à garraiada da Queima das Fitas tem sido cada vez menor e começa a tornar-se um evento dispendioso e, depois, temos recebido, todos os anos, mensagens contra a sua realização”, afirma.

A direcção da associação académica está dividida sobre o assunto e por isso não assume uma posição.

“Se decidirem que querem um referendo, faz-se um referendo. Se decidirem que não querem um referendo e que é para se continuar a fazer a garraiada, a associação académica organizará a mesma e arranjará forma de a tornar rentável”, sublinha.

publicado por contracorrente às 07:13

mais sobre mim
“Quando fizermos uma reflexão sobre o nosso séc. XX, não nos parecerão muito graves os feitos dos malvados, mas sim o escandaloso silêncio das pessoas boas." Martin Luther King "O mal não deve ser imputado apenas àqueles que o praticam, mas também àqueles que poderiam tê-lo evitado e não o fizeram." Tucídedes, historiador grego (460 a.c. - 396 a.c.)
Google Analytics