Lei n.º 62/2007, art. 75.º n.º 4 b) - Constituem infracção disciplinar dos estudantes: A prática de actos de violência ou coacção física ou psicológica sobre outros estudantes, designadamente no quadro das «praxes académicas».

16
Jan 20

Tragédia No Meco: Grupo de estudantes morreu no mar há seis anos
Foi na madrugada de 15 de Dezembro de 2013 que um grupo de seis estudantes foi arrastado por uma onda na praia do Meco, em Sesimbra.

Os jovens pertenciam todos à Comissão Oficial de Praxes Académicas da Lusófona (COPA).

https://www.vip.pt/tragedia-no-meco-grupo-de-estudantes-morreu-no-mar-ha-seis-anos

 

Seis anos depois da tragédia do Meco, famílias pedem justiça

Seis jovens perderam a vida durante ritual de praxe académica em 2013.

https://www.jn.pt/local/noticias/setubal/sesimbra/familias-das-vitimas-do-meco-ainda-esperam-por-explicacoes-11621277.html

 

Estado português condenado a pagar 13.000 euros de indemnização a família de estudante que morreu em praxe

https://www.noticiasdecoimbra.pt/estado-portugues-condenado-a-pagar-13-000-euros-de-indemnizacao-a-familia-de-estudante-que-morreu-em-praxe/


Praxe no Meco: Portugal condenado por más práticas na investigação

A justiça europeia deu razão ao pai de um dos estudantes que foram arrastados pelo mar durante uma praxe na praia do Meco, em Dezembro de 2013: a investigação começou tarde, não assegurou a integridade das provas e não foram recolhidos de imediato testemunhos importantes.
https://www.esquerda.net/artigo/praxe-no-meco-portugal-condenado-por-mas-praticas-na-investigacao/65362

https://www.publico.pt/2020/01/14/sociedade/noticia/portugal-condenado-pagar-13-mil-euros-pai-rapaz-morto-praxe-meco-1900270

Caso Meco. Famílias receberam 13 mil euros em falta, mas pais avançam com nova acção

26 Out, 2020

https://rr.sapo.pt/2020/10/26/pais/caso-meco-familias-receberam-13-mil-euros-em-falta-mas-pais-avancam-com-nova-acao/noticia/212364/

 

Meco: Julgamento começa cinco anos após ação contra Dux e Universidade

O Tribunal Cível de Setúbal começa a julgar em Fevereiro o processo cível intentado há cinco anos pelas famílias dos jovens que morreram na praia do Meco, em 2013, contra João Gouveia e a Universidade Lusófona.

As seis ações cíveis interpostas em 2016, contra o 'Dux' João Gouveia e a COFAC -- Cooperativa de Formação e Animação Cultural, CRL (Universidade Lusófona), começam a ser julgadas pelas 09:00 de 02 de Fevereiro de 2021, com "a tomada de declarações ao réu João Miguel Gouveia", segundo um comunicado conjunto hoje divulgado pelas famílias das vítimas.

https://www.noticiasaominuto.com/pais/1646012/meco-julgamento-comeca-cinco-anos-apos-acao-contra-dux-e-universidade

Meco: Julgamento começa em Fevereiro, sete anos após praxe trágica

https://www.dn.pt/pais/meco-julgamento-comeca-em-fevereiro-cinco-anos-apos-entrega-das-acoes-civeis-13134492.html


Tribunal de Setúbal adia julgamento cível do caso do Meco

Julgamento do processo cível interposto há cinco anos pelas famílias dos jovens que morreram na praia do Meco foi adiado para 17 de fevereiro
2021-02-01

https://tvi24.iol.pt/sociedade/joao-gouveia/tribunal-de-setubal-adia-julgamento-civel-do-caso-do-meco


09
Dez 18

Tragédia Do Meco
Judite Sousa entrevista pais das vítimas e afirma: «Chamei-lhes órfãos de filhos»

O caso remonta à madrugada de 13 para 14 de dezembro de 2013 quando seis jovens, todos eles alunos da Universidade Lusófona de Lisboa, perderam a vida, alegadamente por participarem numa atividade de praxe na zona da Praia do Meco.

https://www.novagente.pt/tragedia-do-meco-judite-sousa-entrevista-pais-das-vitimas-e-afirma-chamei-lhes-orfaos-de-filhos

«A promoção já está em antena. São cinco episódios. Chamei-lhes órfãos de filhos. Cinco anos depois da tragédia do Meco, os pais das seis vítimas aceitaram falar comigo, fundamentalmente sobre as perguntas que estão sem resposta e sobre o processo de luto», escreveu Judite nas redes sociais.

Na altura dos acontecimentos muito se falou sobre o que realmente tinha acontecido na fatídica noite onde os seis jovens, alunos da Universidade Lusófona de Lisboa, perderam a vida, tendo apenas sobrevivido João Gouveia, o DUX do Conselho Oficial de Praxe Académica, à data da tragédia.

Desde então, os pais nunca desistiram de lutar e, até aos dias de hoje, estão à espera para saber o que terá acontecido para que perdessem os filhos.

----------------------------
«O primeiro impacto foi uma dor, tristeza e raiva»
Sex, 14/12/2018

Passaram cinco anos desde a tragédia do Meco. Foi em 2013 que seis alunos perderam a vida

https://www.vip.pt/tragedia-no-meco-o-primeiro-impacto-foi-uma-dor-tristeza-e-raiva

Trailer: https://vimeo.com/305024523

publicado por contracorrente às 23:15

17
Jul 16

 Tribunal Europeu dos Direitos Humanos aceita queixa de pais do Meco
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/tribunal-europeu-dos-direitos-humanos-aceita-queixa-de-pais-do-meco-1738463


É um passo importante: a maioria das reclamações que chega a Estrasburgo são liminarmente rejeitadas.

publicado por contracorrente às 01:50

25
Jun 15

Papa Francisco recebeu hoje mãe de uma das vítimas do Meco http://www.noticiasaominuto.com/pais/410814/papa-francisco-recebeu-hoje-mae-de-uma-das-vitimas-do-meco

Foi recebida pelo Papa Francisco, esta quarta-feira, a mãe de um dos jovens que morreu na praia do Meco, em Dezembro de 2013.


28
Dez 14

Neste Dezembro que agora termina espera-se que um dia venha a ser justo, que se faça a devida justiça aos pais que perderam os seus filhos e têm direito a uma justiça justa e clara. Que não se esconda em subterfúgios administrativos e tiques corporativos.

Sabendo a "via crucis" que estes pais terão de percorrer para que a tragédia não seja esquecida e branqueada, é o mínimo que se pode pedir. 

 

DOSSIER PÚBLICO.PT

http://www.publico.pt/meco

A vida sem Catarina

publicado por contracorrente às 05:12

mais sobre mim
“Quando fizermos uma reflexão sobre o nosso séc. XX, não nos parecerão muito graves os feitos dos malvados, mas sim o escandaloso silêncio das pessoas boas." Martin Luther King "O mal não deve ser imputado apenas àqueles que o praticam, mas também àqueles que poderiam tê-lo evitado e não o fizeram." Tucídedes, historiador grego (460 a.c. - 396 a.c.)
Google Analytics