Lei n.º 62/2007, art. 75.º n.º 4 b) - Constituem infracção disciplinar dos estudantes: A prática de actos de violência ou coacção física ou psicológica sobre outros estudantes, designadamente no quadro das «praxes académicas».

30
Jan 19

Quando se trata de agir, há instituições que não se prestam a equívocos.

Se este fosse o exemplo a seguir nas instituições civis, quantos dirigentes não teriam sido já demitidos.

Sim demitidos, por manifesta cumplicidade por omissão. Aqui se vê num claro gesto de condenação, na instuição militar, que não se presta à inacção.

Marinha substitui dois comandantes devido a praxes polémicas na Escola Naval
28 de JANEIRO de 2019

A Escola Naval confirma que tem aberto o processo de averiguações relativo a uma denúncia anónima recebida através das redes sociais, mas não adianta mais detalhes.

https://www.tsf.pt/sociedade/interior/marinha-substitui-dois-comandantes-devido-a-praxes-polemicas-na-escola-naval-10497190.html

publicado por contracorrente às 23:11

14
Dez 18

Certo é que na tropa não se brinca. Quando há comportamentos considerados desviantes a actuação é rápida.

Poderia servir de exemplo a tantos outros dirigentes e outros tantos indiferentes, coniventes por cumplicidade com estas práticas.

-------------------------------------------------------------------------

"Tortura do sono" e "sacos na cabeça". Denúncia de praxes violentas na Escola Naval

Marinha nega haver "qualquer indício de práticas contrárias" aos valores e regras da Escola Naval após ter realizado averiguação interna. Como medida preventiva, restringiu os contactos entre os cadetes do 1.º ano e os restantes.

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/13-dez-2018/interior/tortura-do-sono-e-sacos-na-cabeca-denuncia-de-praxes-violentas-na-escola-naval-10311335.html?target=conteudo_fechado


Tortura do sono, água fria e sacos na cabeça. Denúncias de praxe violenta na Escola Naval
13 de DEZEMBRO de 2018 - 08:32

Desde serem deixados nus na parada, colocados em tanques de água fria durante a noite, andarem com sacos amarrados à cabeça e serem objeto de tortura do sono.

https://www.tsf.pt/sociedade/interior/tortura-do-sono-agua-fria-e-sacos-na-cabeca-denuncias-de-praxe-violenta-na-escola-naval-10316460.html

 

 

publicado por contracorrente às 01:06

06
Jan 14

Ministério Público pede absolvição para cinco dos oito arguidos no caso do Colégio Militar

Procuradora deixa cair acusação de maus tratos, o que deixa estarrecido advogado dos queixosos.

[Para a magistrada] ficaram [...] provadas as agressões praticadas [...] os réus são apenas culpados de ofensas corporais simples.
http://www.publico.pt/sociedade/noticia/ministerio-publico-pede-absolvicao-para-cinco-dos-oito-arguidos-no-caso-do-colegio-militar-1618601

publicado por contracorrente às 18:43

18
Set 13

Oito ex-alunos julgados por maus tratos cometidos

 

Vítimas ficaram 688, 83 e 22 dias em convalescença devido às lesões sofridas.

 

Oito ex-alunos do Colégio Militar vão começar a ser julgados a 1 de Outubro por maus tratos cometidos, alegadamente, no interior daquela instituição de ensino no ano lectivo de 2006/07 e no início de 2008, contra outros três estudantes.

O despacho de pronúncia salienta que os “actos de agressão praticados pelos oito arguidos, dada a manifesta inferioridade e temor reverencial dos ofendidos, são repugnantes e indignos de alunos que frequentaram tão prestigiada instituição”.

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/oito-exalunos-julgados-por-maus-tratos-cometidos-no-colegio-militar-1606072

publicado por contracorrente às 19:28

01
Mai 12

A praxe (дедовшина, Dedovschina) no então poderoso Exército Vermelho. Muito igual à actual Praxe Negra, dos Capas e Batinas:
"Trata-se de um sistema de humilhacões en que os graduados e veteranos submetem os recrutas. Um dos tumores malignos que corroem o Exército Vermelho. A sociedade soviética reduzida a um tamanho de um pelotão ou companhia e vestida de uniforme. E a essência desta sociedade: o mais forte martiriza o mais débil. Como o recruta é o mais débil, os soldados de maior patente ou antiguidade convertem-no num escravo, num pária, num limpa-botas".
Tradução livre, "O Império", Ryszard Kapuscinski (ed. Anagrama, Espanha, 1994)


12
Jan 11

Praxe e Tropa são muitas vezes sinónimos.

Mas aqui destaca-se a rapidez da acção contra actos menos próprios.


Praxe na Academia Militar força internamento de aluna
Exército instaurou processo disciplinar aos alunos responsáveis por caso que "considera grave".
Uma aluna do primeiro ano da Academia Militar (AM) do Exército teve de ser internada na semana passada devido à violência de uma praxe nas instalações da escola na Amadora.
"Foram identificados os responsáveis pela ocorrência, que o Comando do Exército considera grave, tendo sido de imediato instaurado um processo disciplinar contra os mesmos no âmbito do regulamento disciplinar da AM, cuja pena pode ir até à expulsão", confirmou ao DN o porta-voz do ramo.
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1754608


mais sobre mim

- Objectores -

FREEMUSE - Freedom for Musicians
“Quando fizermos uma reflexão sobre o nosso séc. XX, não nos parecerão muito graves os feitos dos malvados, mas sim o escandaloso silêncio das pessoas boas." Martin Luther King "O mal não deve ser imputado apenas àqueles que o praticam, mas também àqueles que poderiam tê-lo evitado e não o fizeram." Tucídedes, historiador grego (460 a.c. - 396 a.c.)
Na Pista de Outros
Free Global Counter
Google Analytics